Inicio / Política / Wesley Batista vira réu por uso de informação privilegiada para lucrar

Wesley Batista vira réu por uso de informação privilegiada para lucrar

Foto: Agência Brasil

O empresário Wesley Batista se tornou réu em ação penal que apura se ele usou informação privilegiada para ganhar dinheiro no mercado financeiro com a delação da J&F. O juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, recebeu denúncia do Ministério Público Federal.

De acordo com o G1, em 7 de maio o MPF denunciou pela segunda vez o empresário Wesley Batista pelo crime de insider trading, que diz respeito ao uso de informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro.

O MPF apontou que, como gestor da Seara Alimentos e Eldorado Celulose, o empresário comandou operações de câmbio das empresas em maio de 2017, quando ainda estava sob sigilo o acordo de delação premiada que ele e o irmão Joesley Batista firmaram com a Procuradoria Geral da República (PGR) e executivos do grupo J&F.

Após a divulgação do teor das colaborações, o dólar teve alta expressiva, o que rendeu ao empresário quase R$ 70 milhões a partir dos contratos de dólar negociados dias antes, afirma o Ministério Público.

G1

Sobre Redação Brasil

Redação Brasil
Somos a Redação Brasil do Planaltino News, diariamente produzimos matérias de parceiros nacionais, estaduais e municipais de todo o Brasil. E diagramamos de parceiros internacionais para o Brasil. Os temas abordados em nossa redação são diversos e neutros. Esperamos que você aproveite nosso conteúdo.

Check Also

Relator e governo estudam retirar a Bahia da reforma da Previdência

Relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), e integrantes do governo do presidente Jair …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: