Inicio / Política / Com aporte de R$ 96 mi do governo, Cerb supera prejuízo e fecha ano com saldo positivo

Com aporte de R$ 96 mi do governo, Cerb supera prejuízo e fecha ano com saldo positivo

Foto: Divulgação

Após anos no vermelho, a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) fechou o ano de 2018 com saldo de R$ 3,9 milhões. O balanço positivo da empresa aparece após o resultado negativo de 2017, quando a Cerb acumulou R$ 1,3 milhão em prejuízos líquidos.

Apesar do lucro no exercício, não há muito o que ser comemorado. Somente em 2018, a companhia recebeu R$ 96 milhões do governo do estado em subvenções para atingir o resultado positivo. O fato fez a relatoria do auditor independente sobre o balanço fiscal da empresa levantar incertezas sobre a capacidade da Cerb continuar operando.

Com geração de receita pequena, cerca de R$ 11 milhões em 2018, a Cerb enfrentou custos operacionais de R$ 58 milhões no ano. De acordo com o demonstrativo dos resultados financeiros, a companhia recebeu do governo R$ 96,8 milhões em aporte em 2018 para enfrentar o prejuízo bruto. O valor é maior que os R$ 93 milhões destinados em 2017.

Além do aumento da subvenção estatal, a empresa teve em 2018 uma ligeira diminuição com gastos com pessoal: R$ 31 milhões contra R$ 36 milhões em 2017. Boa parte do aporte pago pelo estado serviu para custear despesas com salários, INSS, gratificações e outras despesas com os servidores.

Pelo seu carácter estatal, já que o principal acionista da Cerb é o estado, a subvenção dos prejuízos, gerados pelo gasto maior do que a arrecadação com os serviços, é feita pelo governo.  BAHIA NOTICIAS

Sobre Redação Brasil

Redação Brasil
Somos a Redação Brasil do Planaltino News, diariamente produzimos matérias de parceiros nacionais, estaduais e municipais de todo o Brasil. E diagramamos de parceiros internacionais para o Brasil. Os temas abordados em nossa redação são diversos e neutros. Esperamos que você aproveite nosso conteúdo.

Check Also

Wesley Batista vira réu por uso de informação privilegiada para lucrar

O empresário Wesley Batista se tornou réu em ação penal que apura se ele usou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: