Inicio / BLOG / Mbappé faz três na volta de Neymar, e PSG comemora título com vitória

Mbappé faz três na volta de Neymar, e PSG comemora título com vitória

Foto: Reprodução

O Paris Saint-Germain já era campeão, mas imagine o quão melancólico seria comemorar o título francês diante de sua torcida com outro tropeço? Bem, Mbappé estava lá para não deixar isso acontecer. O craque prodígio anotou três vezes e comandou a vitória sobre o Monaco, por 3 a 1, neste domingo, no Parque dos Príncipes, em jogo que encerrou a 33ª rodada e, especialmente aos brasileiros, marcou também o retorno de Neymar aos gramados. Golovin descontou.

O JOGO DE NEYMAR

Neymar estava ansioso para voltar a entrar em campo. A última vez havia acontecido em 23 de janeiro, naquele jogo contra o Strasbourg, em que lesionou mais uma vez o quinto metatarso do pé direito. De volta, mostrou-se participativo, com liberdade para atuar por todo o ataque do PSG. Deu 51 toques na bola em pouco mais de 45 minutos – entrou no lugar de Kurzawa no intervalo -, passes, enfiadas de bola, dribles… Só não conseguiu o gol.

RITMO DE FESTA

O PSG retomou o caminho das vitórias e chegou aos 84 pontos, contra 65 do vice-líder Lille, que empatou com o Toulouse no início deste domingo e já não tinha chances matemáticas de ameaçar a hegemonia do time parisiense. Caso vença os cinco jogos restantes, alcançará os 99 pontos, sua melhor marca na história da Ligue 1 nestes oito títulos. Há ainda a final da Copa da França no próximo sábado, contra o Rennes, pelo caminho.

QUAL É O LIMITE?

Mbappé foi logicamente eleito o craque do jogo, mas qual é o teto de alguém que tanto fez para o futebol com apenas 20 anos? Hoje foram três gols, aliando velocidade e o instinto matador que já conhecemos. No total, são 30 gols no Francês, algo superado na história apenas por Cavani (35 em 2016/17) e Ibrahimovic (38 em 2015/16). Ele está a três de Messi na briga pela Chuteira de Ouro da Europa.

CAVANI TAMBÉM VOLTOU…

O uruguaio jogou cerca de 20 minutos ao substituir Paredes e até teve um gol bem anulado. Sua temporada tem sido recheada de problemas musculares – não entrava em campo com regularidade desde o início de fevereiro -, mas o seu retorno é alentador também para o Uruguai, pensando na Copa América.

DRAMA ATÉ O FIM

O Monaco terminou a partida com mais finalizações, mas sua defesa nunca foi páreo para o poderoso ataque do PSG. A tabela indica uma reação, mas a situação ainda é desconfortável, com 32 pontos, quatro a mais do que o Dijon, clube que disputaria o playoff contra o rebaixamento

GLOBO ESPORTE

Sobre Redação Brasil

Redação Brasil
Somos a Redação Brasil do Planaltino News, diariamente produzimos matérias de parceiros nacionais, estaduais e municipais de todo o Brasil. E diagramamos de parceiros internacionais para o Brasil. Os temas abordados em nossa redação são diversos e neutros. Esperamos que você aproveite nosso conteúdo.

Check Also

Presidente do Inep, órgão responsável pelo Enem, é demitido

O delegado Elmer Vicenzi não é mais o presidente do Instituto Nacional de Estudos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: