Inicio / BLOG / MPF conclui que problemas mentais podem reduzir condenação de Adélio Bispo

MPF conclui que problemas mentais podem reduzir condenação de Adélio Bispo

Foto: Divulgação / Polícia Militar

O Ministério Público Federal (MPF) concluiu que Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada contra o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral do último ano, pode ser condenado criminalmente, mas com pena reduzida por ter problemas mentais comprovados em laudos médicos. Segundo informações da TV Globo, ele é considerado semi-imputável.

O parecer do MPF de Juiz de Fora, em Minas Gerais, é de autoria do procurador Marcelo Medina e é mantido em sigilo. O documento considerou sete laudos e pareceres sobre a saúde mental de Adélio.

Adélio deu uma facada em Bolsonaro durante um ato da campanha eleitoral em setembro de 2018 na cidade de Juiz de Fora. Ele foi preso no mesmo dia e confessou o crime. O presidente precisou passar por três cirurgias em razão do incidente. TV GLOBO

Sobre Redação Brasil

Redação Brasil
Somos a Redação Brasil do Planaltino News, diariamente produzimos matérias de parceiros nacionais, estaduais e municipais de todo o Brasil. E diagramamos de parceiros internacionais para o Brasil. Os temas abordados em nossa redação são diversos e neutros. Esperamos que você aproveite nosso conteúdo.

Check Also

Bicampeão! Athletico vence o Toledo e define o título do Paranaense nos pênaltis

O Athletico levanta a taça de campeão paranaense pela segunda vez consecutiva. Depois de devolver …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: