Inicio / BLOG / Hemóvel estará em Mutuípe nesta quarta e quinta-feira. Doe sangue, ajude o garoto Helber

Hemóvel estará em Mutuípe nesta quarta e quinta-feira. Doe sangue, ajude o garoto Helber

Reprodução Facebook

A Campanha de doação de sangue destinada ao pequeno Helber Cardoso Rodrigues, será realizada dia 11 e  12 do mês de abril na Câmara de Vereadores de Mutuípe.

O intuito é arrecadar uma quantidade significativa de sangue e também evitar o deslocamento até Feira de Santana.

Helber Rodrigues Cardoso, é morador do município de Mutuípe, tem 10 anos de idade e foi diagnosticado com uma doença chamada APLASIA. Doença que ataca o sistema imunológico, pacientes que apresentam este distúrbio não produz uma quantidade adequada de células sanguíneas, deixando o mesmo imunossuprimido e, consequentemente, mais propenso a adquirir graves infecções. Atualmente ele tem feito tratamentos com remédios e transfusões de sangue e necessita de doadores de sangue e também de medula óssea.

Sobre a doação de sangue

Doar sangue é um ato simples, rápido e seguro. O organismo repõe o volume de sangue doado nas primeiras 24 horas após a doação. Todo o material utilizado na coleta é descartável, o que elimina qualquer risco de contaminação para o doador.

Para doar sangue, o voluntário deve portar um documento oficial com foto, estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. É necessário estar descansado (ter dormido pelo menos 6h nas últimas 24h) e bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura.

Sobre o cadastro de medula óssea

Para incluir os dados no Redome, o candidato precisa ter entre 18 e 55 anos incompletos, gozar de boa saúde, preencher um formulário com dados pessoais e realizar a coleta de uma amostra 5 ml de sangue para testes de compatibilidade.

Os dados pessoais e os resultados dos testes da amostra de sangue serão armazenados em um sistema informatizado que realiza o cruzamento com dados de pacientes que estão necessitando de um transplante. Em caso de compatibilidade, o doador é chamado para exames complementares e para realizar a doação de medula óssea.

Mais informações podem ser acessadas através do site da Hemoba (www.hemoba.ba.gov.br), das páginas oficiais da Fundação no Facebook (fb.com/hemoba) e no Instagram (@hemobaoficial).

Vale Mais Notícias

Sobre Redator Amargosa

Avatar

Check Also

Incêndios em vegetação causam transtornos em cidades do sul da Bahia

Focos de incêndio causam transtornos em diversas cidades do sul da Bahia, como Canavieiras, Eunápolis …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: