Inicio / Amargosa / AMARGOSA: Vereador Miguel Silva divulga nota sobre água de Corta-Mão

AMARGOSA: Vereador Miguel Silva divulga nota sobre água de Corta-Mão

Foto: Reprodução Facebook

O Vereador Miguel Silva, um dos vereadores mais atuantes e que tem defendido diariamente os interesses do povo de Corta-Mão divulgou na noite desta terça-feira (27/03) uma nota em uma rede social na qual esclarece inúmeras questões acerca da água de Corta Mão.

 

Veja a nota:

O vereador Miguel Silva, por meio desta nota esclarece que:

Devido aos problemas surgidos com a qualidade da água de Corta-Mão, faz-se a necessidade de adotar providências junto à CERB e à Prefeitura. Após solicitação junto ao primeiro órgão, em Salvador, esta designou a visita de uma empresa técnica para uma vistoria de urgência em se que constatou danos e interferência por uso de canos velhos em ligações irregulares na rede do sistema, sem conhecimento ou autorização da empresa gestora, provocando a origem da coloração da água barrenta (cor ferrugem) e os conseqüentes fortes odores.

Mas, apesar das reclamações e queixas por parte da população, a Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (CERB) se mantém insensível e transparece que demora em encaminhar os resultados do laudo atestando a necessidade de uma nova manutenção geral na Estação de Tratamento do Sistema de Abastecimento de Corta-Mão. E assim negligencia a má qualidade da água e dos serviços junto ao Governo do Estado, para que este adote providências para solução do problema.

Os serviços de manutenção e tratamento da água do distrito de Corta-Mão são obrigações da própria CERB até que a responsabilidade seja repassada para o Governo Municipal. Como a parceria entre Estado e Município ainda não foi concretizada, isto está ocasionando a falta de assistência, tratamento e manutenção, resultando em diversos problemas que afetam a qualidade da água que já apresenta uma cor escura e odor forte, tornando-se imprópria para o consumo e até mesmo para serviços domésticos.

A Prefeitura participa como parceira do projeto de implantação do sistema de abastecimento de água para o Distrito de Corta-Mão, sendo responsável sobre os processos que controlam a qualidade e a segurança da água, da captação à torneira do consumidor, disponibilizando serviços de manutenção, tratamento e cessão de um funcionário.

O vereador Miguel Silva faz constantes solicitações à Prefeitura para que promova o tratamento da água utilizando os produtos recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para controle de contaminantes que possam ocorrer nas origens de captação destinadas à produção de água para consumo humano.

Miguel Silva, como vereador que tem atribuição de fiscalizar o Poder Executivo, exige providências urgentes para conserto e manutenção das bombas dosadoras, que estão sem funcionar por estarem queimadas, deixando de bombear os produtos utilizados para tratamento da água, causando transtornos para a população de Corta-Mão.

E sendo eleito vereador, com a ajuda e a confiança da população deste distrito, sente-se responsável em garantir, pela força de meu mandato, a conquista da água para melhorar a qualidade de vida do povo de Corta-Mão. A luta para implantar o tão sonhado sistema de abastecimento de água, pura e tratada, foi por mim abraçada à custa de muitos esforços, reuniões, viagens, audiências, e visitas aos órgãos do Governo do Estado e agências reguladoras de gestão das águas. Enfim, era preciso acompanhar tudo de perto, desde o projeto, sua instalação, a execução da obra até a chegada da água nas torneiras da população.

Mas somos obrigados a nos defender das críticas ao projeto e a mim, sendo que meu papel de vereador já foi feito e continuo fazendo ininterruptamente. Aqueles que estão criticando, espero que avaliem que estou cobrando soluções urgentes. Fui à governadoria, protocolei um oficio pedindo revisão do sistema de abastecimento e pedi providências. Junto com o prefeito Júlio Pinheiro visitamos a Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia, em Salvador, para tratar do problema da água do Distrito de Corta-Mão, e exigir solução para atender a demanda dos moradores da comunidade.

É verdade que a atual prestação de serviços água não está do jeito que queremos, mas sabemos também que por questões políticas, existem aqueles que atrapalham, até maldade fazem para não dar certo. São pessoas que espalham informações distorcidas com objetivos escusos visando a exploração deturpada pelo lado obscuro da politicagem.

Finalmente, desejamos que os trabalhos de recuperação e regularização do abastecimento de água de Corta-Mão sejam normalizados os mais urgentes possíveis. Mas é preciso que cada órgão envolvido nesse problema da água do distrito faça sua parte para que as coisas der certo. Espero que dessa forma, a população se una a mim, para cobrar soluções de verdade, junto aos verdadeiros responsáveis.
Estamos fazendo a nossa parte.

Miguel Silva
Vereador

Sobre Redator Amargosa

Check Also

Amargosense assumirá Secretaria de Saúde de Planaltino

Foi publicado no Diário Oficial do município de Planaltino, o Decreto Nº165/2018-Nomeia o Sr. Loran Prazeres …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: