Inicio / BLOG / Mutuípe: Jovem que ingressou uma ação popular impedindo que 37 servidores Públicos Municipais tomasse posse é nomeado para exercer o cargo de chefe de Divisão Social

Mutuípe: Jovem que ingressou uma ação popular impedindo que 37 servidores Públicos Municipais tomasse posse é nomeado para exercer o cargo de chefe de Divisão Social

Em sua rede social na manhã deste sábado (14), O presidente do Sindvale/Bahia o Sr.Arnaldo Silva, fez uma publicação que tem chamado atenção da População de Mutuípe. Na publicação o Presidente questiona o Prefeito Municipal o Secretário de Administração e Sr. Igor oliveira.

Palavras dele:

“Perguntar não ofende: Gostaria de saber dá nova gestão do município de Mutuípe, através do senhor Prefeito Rodrigo Maicon e do secretário de Administração e Finanças o Sr. Carlos Eugênio e o Sr. Igor Andrade Oliveira, que ingressou com uma ação popular impedindo que 37 servidores Públicos Municipais legitimamente tomasse posse dos seus respectivos cargos. Agora para minha surpresa o senhor Igor Andrade de Oliveira é nomeado para exercer o cargo de chefe de Ação Social do município de Mutuípe na qual o mesmo informou na sua ação que o índice de pessoal estava acima do permitido, essa nomeação pode até ser legal mas no meu entendimento ela é muito imoral, foram 37 pais e mães de família impedido de exercer suas funções, foram servidores que pediram exoneração dos seus cargos em outros municípios, gostaria também que a Câmara de Vereadores de Mutuípe que é a casa que fiscaliza a gestão do município também se posicionasse sobre o assunto.” Finalizou, postando a Portaria que Nomeia o Sr. Igor Oliveira como chefe de Divisão Social. Fonte: Vale Mais Notícias

 

Sobre Redator Amargosa

Check Also

Amargosense assumirá Secretaria de Saúde de Planaltino

Foi publicado no Diário Oficial do município de Planaltino, o Decreto Nº165/2018-Nomeia o Sr. Loran Prazeres …

Um comentário

  1. Transparência e Honestidade

    Acredito que mais uma vez existe uma tendência em prejudicar a gestão do novo prefeito com esse questionamento mau elaborado, primeiro porque se existe uma Secretária de Assistencia Social, deveria ser essa a ser questionada e não a Adm e segundo que o cargo assumidor pelo Igor não é cargo de concurso, a questão é que o ex-prefeito teve todo o tempo do mundo para convocar os concursados e não o fez, porque preferia manter seus militantes ocupando essas vagas e só após perder a disputa pela eleição o mesmo resolver chamar de maneira indiscriminada essas pessoas que de fato tem todo o direito, porém antes a nova gestão precisa avaliar a real necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: